30 de out de 2013

Montando a necessaire na gringa

Necessaire

DSC00989

Mesmo que a gente esteja desprovida de bens financeiros pra viajar ao exterior, tem sempre aquela amiga gente boa que vai e acaba trazendo um monte de presentinho pra galera, né? Pois bem. Independente da situação em que você esteja nesse caso, antes de viajar (ou da amiga viajar) é sempre bom ter uma listinha de tudo que você tá afim de comprar. Isso facilita muito na hora de distribuir o seu dinheiro entre as coisas que você pretende fazer com ele.
Sobre maquiagem, eu começo dizendo que: KEEP CALM. Quem vai ao exterior pela primeira vez pode simplesmente surtar quando parar num Free Shop. Pra quem não sabe, o Free Shop ou Duty Free é um conjunto de lojas dentro do aeroporto que vendem produtos com redução ou isenção de impostos. Isso significa que aquele batom mara da MAC pode sair fácil fácil pela metade do preço que você pagaria na loja (eu disse que vocês poderiam surtar lá). Aí é aquela bagunça de sair pegando tudo que se vê pela frente, e isso provavelmente se repete em toda loja bacana do seu destino. 
Acontece que, depois de passar toda aquela emoção do momento, a gente chega em casa e percebe que comprou muita, mas muuuuuuuuita coisa desnecessária. Isso depois acaba sendo bem triste, já que fazendo a soma do que ainda tá na embalagem, do que você testou e deixou de lado, do que não gostou e deu pra alguém... enfim, tudo isso dá uma boa grana que poderia ser investido em outras coisas que, obviamente, você deixou de comprar.
Então pra facilitar a vida de vocês consumistas (seria esse um post pra mim mesma?) eu resolvi fazer uma lista de makes que valem a pena comprar no exterior. Lembre sempre: se você é uma pessoa que gosta de maquiagem básica, não sai comprando batom escuro, iluminador e glitter. Vai naquilo que você costuma usar sempre, pra não acabar se arrependendo depois. Se você é aloka das makes tipo eu, vai com calma, respira, pesquisa bastante antes da viagem o que tem de novidade rolando no exterior, faz uma lista daquilo que você realmente tá precisando ou do que realmente deseja ter e se controle pra não fugir muito disso na hora da compra.
Digo isso porque né, a gente sempre vê uma coisa ou outra que não tava na lista mas se apaixona e resolve comprar. Ok você fazer isso, é só tomar cuidado com os excessos.




Eu já comentei nesse post aqui que o principal na maquiagem é a base. É ela que vai dar uma uniformizada na pele, fazer a make durar e principalmente, durar o dia inteiro se preciso for! Essa é a hora de abrir a carteira sem dó - basta ter a certeza da sua cor e qual a finalidade da base. Por exemplo: pele oleosa pede uma base de cobertura matte, quem fica fora o dia inteiro investe em uma Pro Longwear, etc. 
Eu costumo comprar duas bases, uma de cobertura alta e uma de cobertura leve/média, assim não enjôo de usar a mesma (na primeira vez comprei a cobertura leve da NYC e na segunda foi da L'oreal). Mas só compro duas porque a minha cor de base é muito difícil de achar aqui no Brasil, então se você tem sua base preferida daqui, não precisa gastar com duas.
A minha ainda está cheia, mas como ela é cobertura alta eu pretendo comprar uma de cobertura leve pra usar no dia a dia e não pesar a make. Faço resenha pra vocês da que eu escolher, ok?







Uso o corretivo Pro Longwear há mais de 1 ano. No começo ele era ótimo pra mim, mas depois acho que acabei enjoando e já não sinto que ele faz o serviço como antes. Mas assim como a base, também acabei comprando dois corretivos, então sempre fico trocando pra não enjoar, ou pra dar outro efeito na make mesmo. Já vi muita beauty blogger dizendo que o Erase Paste da Benefit é ótimo. Caso vocês saibam de algum corretivo legal, deixem nos comentários pra que eu e mais meninas fiquem sabendo sobre ele! Acho que vai ser um dos itens que eu quero investir na viagem, então aceito sugestões.






Pode até parecer fútil dizer isso, mas eu indico sim comprar um blush de uma marca legal por motivos de: pigmentação e duração excelente. Mas só pra quem precisa ficar o dia inteiro fora de casa mesmo, caso contrário não acho necessário investir nele. É que quando eu comprei o meu, trabalhava em escritório o dia todo e saía direto pra ir pra faculdade a noite. Então sempre quando ia retocar a make no final do dia, de tudo que eu tinha passado só o blush é que estava realmente intacto. Até brincava dizendo que as coisas boas da vida deveriam durar igual ao meu blush da MAC. Mas compre uma cor natural que você possa usar todo dia sem enjoar! Eu tenho um coral (Peaches) e um rosinha (Pinch Me), e definitivamente acho que já está ótimo. O rosa eu tenho há 2 anos e ainda não chegou nem na metade da embalagem.






Se você é uma psicótica por batons igual a esta que vos escreve, pode colocar um de cada na sua cestinha! Vai com tudo, sem medo de ser feliz. Invista em batons duráveis, que não escorram e nem apaguem da boca facilmente. Eu tenho meus queridinhos nacionais, mas não abro mão de usar um batom "de marca" quando vou sair, porque sei que não vai ser preciso retocar o tempo todo. Triste realidade do povo brasileiro. O bom disso é que batom bom por lá (por exemplo, Sephora, Urban Decay e MAC) acaba saindo pelo preço de um nacional sem muita durabilidade. Eu tenho muitos batons, realmente sou sem noção com isso, mas o bom de ter bastante é que você pode variar todo dia! (aquelas que arranjam desculpinha pro vício, né)






Só vou colocar esse item aqui pra falar do Blot Powder, o pó facial mais incrível que você vai ouvir falar. Eu jurava que tinha feito resenha dele no blog, mas não... me perdoem. Enfim, ele é um pó translúcido (ou seja: não transfere cor pra sua pele) e tem a simples e brilhante função de tirar a oleosidade, e o efeito matte dura por horas! Se fosse só isso ok, mas ele ainda deixa a pele com uma textura aveludada que é inexplicável (podem perguntar pra qualquer pessoa que tenha provado dele, eu não estou exagerando). É um milagre de Deus tirado diretamente dos céus e colocado nessa embalagenzinha. Porém: é caro. Eu nunca, jamais, pagaria 90 reais num pó facial se fosse pra comprar por aqui. Esse eu ganhei de presente da avó do namorado, custou 23 euros, um pouco menos do que custaria aqui.






Pense bem: se você comprar o necessário mesmo, vai sobrar uma graninha que eu recomendo investir em "novidades". Porque né, moda e beauté sempre saem primeiro na gringa, então é legal ter um item ainda sem lançamento no Brasil pois aqui ele sairia mais caro, ou demoraria muito tempo pra chegar. Então depois de ter comprado tudo, busque por make baratinhas de marcas desconhecidas. Muitas vezes o produto barato deles equivale a um produto de preço razoável no Brasil, em termos de qualidade. Nessas minhas buscas eu sempre tive sorte, pois tudo que comprei eu amei e tenho usado bastante. Meu rímel (NYC) e meu bronzer (Miss Cop, na foto) favoritos eu achei numa dessas compras baratinhas. Dessa forma, caso volte a viajar, você já sabe que pode escolher mais produtos dessa marca e não vai gastar tanto.
Mas bronzer, iluminador, delineador e outras coisas, dependem do quanto você costuma usar por aqui. Caso contrário, opte pelos nacionais ou compre na gringa marcas baratas pra não gastar em algo que você pode não usar muito e aí acabar deixando dinheiro parado.


Pode até parecer bastante coisa, mas se você ainda não tem uma necessaire montada ou deseja investir em produtos legais, esses itens vão te salvar por um bom tempo! Tirando a base (que durou 1 ano) e o pó (que só ganhei há 7 meses), os outros itens ainda estão pela metade da embalagem (ou nem chegaram lá) há mais de 1 ano e meio. Ou seja: comprando tudo isso ou comprando só um item, vai ser um investimento que realmente valerá a pena pelo tempo que você vai poder usá-los. 


É isso!
Espero que tenham gostado e qualquer dúvida é só deixar nos comentários. Críticas e sugestões também são sempre bem vindas!

Beijos e boa semana pra todo mundo.



27 de out de 2013

Look #18

Eu não sei como vai o tempo na cidade de vocês, mas aqui pra mim tá um calor super desnecessário. Por esse motivo eu acabo nem saindo de casa, prefiro não me humilhar em público com a pele toda oleosa (baseado em fatos reais).
Acabou que eu nem tive ânimo pra me arrumar e tirar fotos essa semana, acho que qualquer 5 minutos fora de casa eu ia derreter, por isso hoje não teria look no blog, de novo. Mas eis que eu estava transferindo uns arquivos do cartão de memória da câmera pro meu computador novo e achei um look que não tinha publicado ainda! Fiquei pensando no "porquê" e acho que foi porque ele ficou muito "escuro", já que eu não costumo nunca usar roupa preta. Só não consegui lembrar pra onde é que eu fui assim, mas né... a pessoa vai ficando velha e acontece isso com a memória mesmo.
Mas bem que eu usaria essa roupa nessa semana de calor porque a blusa é bem fresquinha e o shorts idem! Só trocaria a bota, por motivos óbvios. 
Ah e eu aceito doações de uma bolsa nova caso alguém ache ruim que eu só use essa, tá? Mas é como eu disse há um tempo atrás: desejei por tanto tempo uma bolsa preta bonitinha que preciso compensar o tempo perdido.


DSCF8338

DSCF8343

DSCF8346

DSCF8356

DSCF8378

DSCF8381


Camisa: Riachuelo
Shorts: Brechó
Bota: Renner
Bolsa: Ebay
Óculos: Primark



Se tudo der certo na minha vida, esse calor acaba, eu ganho na loteria, me mudo pra Barcelona e daí não vou precisar trabalhar e poderei me dedicar integralmente pra vida de blog + viagens ao exterior. Ai que sonho maravilhoso!
Beijo e bom domingo pra todo mundo! E boa sorte pra quem vai fazer o Enem :)




25 de out de 2013

Style Crush: Maja Wyh

Olá terráqueos! Quanto tempo esta que vos fala não atualiza este falido blog. Mas vou deixar pra falar mais sobre isso num futuro post, porque hoje eu quero mesmo é mostrar pra vocês uma garota pela qual o estilo eu estou completamente apaixonada!
O nome dela é Maja Wy, uma alemã estudante de cinema e cuja idade eu não faço idéia (com acento mesmo porque eu me recuso a entrar nessa reforma ortográfica). Achei a moça pelo Lookbook e adorei o estilo despojado e excêntrico (nossa sempre quis usar essa palavra!!!) com que ela faz sobreposições com roupas que, aparentemente, não combinariam entre si.


Maja
Maja 8
Maja 7

Sei que ela não faz o meu "estilo" e creio que nem o de muitas de vocês. Mas é inegável que ela se veste muito bem, né? Mas depois de olhar bem pros looks da Maja, até que eu usaria alguns deles sem problemas (inclusive mandando meu endereço pra ela porque né, vai que ela se comove com a minha história e resolve me presentar com alguma roupa).

Maja 6
Maja 4
Maja 10
Maja 5
Maja 3
Maja 2
Maja 9



Não acompanho o blog da fofa porque ela não escreve nada e não tem nenhuma foto além de looks, por isso não tenho nenhuma informação pessoal sobre ela. Daí prefiro apenas segui-la no Lookbook e no Instagram pra ficar em dia com as postagens mesmo.


 ♥          


Esses dias fora do blog me renderam um monte de paixões agudas por lookbookers, já que era o único site que eu fazia questão de visitar diariamente. Mostro todas elas pra vocês durante essa semana!

Beijos e uma ótima sexta-feira!

16 de out de 2013

TOP 10: Livros legais que viraram filmes

TOP 10

Faz um tempão que pensei em fazer um post sobre meus filmes favoritos. Acontece que eu não sei de cabeça quais são os meus filmes favoritos e por isso tive que ficar uns bons dias por aí fazendo uma listinha. Daí que, o final disso, descobri que os meus filmes favoritos são... dos meus livros favoritos! Essa coincidência legal me deu vontade de fazer um "Top 5 livros legais que viraram filmes", mas acabei pedindo ajuda no facebook pra saber indicação de filmes nesse estilo pois tinha certeza que com a dica de vocês eu iria me lembrar de mais alguma coisa. E eis que trago aqui o resultado final da minha busca, com um TOP 10 livros legais que viraram filmes, lembrando que todos eles que eu já assisti, mas nem todos eu li o livro. Ah, e eu não vou falar muito sobre eles pro post não ficar extenso, ok?

1 - Fight Club

Fight Club é um dos filmes com maior índice de Frases Clichês, aponta estudo. Assisti faz uns anos e não entendi porcaria nenhuma, aí assisti de novo e me apaixonei. Inclusive fui uma das pessoas à usar as Frases Clichês do filme. Minha favorita? "You met me in a very strange time of my life".


2- Submarine

Não sou fã de filmes cult tipo daqueles que o cara fica andando por 10 minutos em silêncio e você não entende nada, sabe? Torci muito o nariz pra Submarine pensando que seria mais um nesse estilo, mas quando fiquei sabendo que a trilha sonora era interpretada pelo Alex gostoso lindo meu homem Turner, daí eu mudei de ideia imediatamente, por motivos óbvios. O filme é muito gostoso e eu super recomendo.


3 e 4- Tres metros sobre el cielo + Tengo ganas de ti

Eu e a minha amiga Lígia, quando não trabalhávamos e tínhamos tempo pra procrastinar, vivíamos dormindo uma na casa da outra toda sexta-feira depois de passar na feira  aqui do bairro, comer um pastel e comprar um filme pirata (sim, pirata, joguem as pedras). Aí como de costume pedimos a opinião do vendedor da barraquinha pra saber a novidade e ele deu o filme Tengo ganas de ti ("Sou louco por ti"). Achei brega, era em espanhol e dormi nos 5 primeiros minutos. Na outra semana a Lígia me ligou chorando dizendo que o filme era lindo, perfeito e eu tinha que assistir. Amei, chorei, quase morri sem ar com o Mario gostoso Casas e achei MUITO louco no final do filme ver uma cena que me levou à lembrar de um livro que vi na internet, o "Três metros sobre o céu". Pesquisei e sim, era o filme do livro! Aí assisti o "Três Metros sobre o céu" depois, que na verdade deveria ter sido o primeiro a assistir. Tengo ganas de ti é a continuação do livro 3MSC, escrito pelo italiano Frederico Moccia (que inclusive é autor do livro de romance mais lindo do mundo, "Desculpe se te chamo de amor".) 
Já falei mais sobre o filme e você pode ver nesse post aqui.


5 - The Great Gatsby

Assisti ao filme bem nas últimas semanas que estava no cinema, o que foi uma pena pois esqueci de levar meu óculos e acabei nem prestando atenção nos detalhes (sou míope, desculpem). Comprei o livro com a mesma capa do filme, odeio livros com capa de filme mas cara, por favor, é o Leonardo DiCaprio nela... Quem se importa? 


6- The Perks of being a Wallflower

Esse livro/filme é o campeão de Frases Clichés no mundo todo e ganha disparado de qualquer "A Culpa é das Estrelas", aponta estudo. É sério, teve até gente tatuando trechos, cara. Sendo bem sincera, eu não gostei muito desse filme e na verdade eu nem tava afim de assistir porque era tanta foto no Instagram com a capa do livro, tanta gente falando dele que eu comecei a pegar raiva e nem quis saber dele. Foi só na metade esse ano que eu resolvi assistir e assim, não mudou em nada a minha vida. Pelo contrário, fiquei até chocada de saber o que acontece com o garoto no final... tipo, cara... como assim... coitado.


7- Water for Elephants 


Eu não li o livro mas acho que nem preciso. O filme em si já achei bem completo, lindo, emocionante e eu acabei com todo preconceito contra o Robert Pathinson que existia dentro de mim. O cara é muito bom amor mesmo, achei o personagem dele sensível na medida certa, e não sensível viadinho como no Crepúsculo. Atenção, nada contra gays, mas acho que um personagem hétero deve se posicionar como tal.
Enfim, é lindo e eu assisti com a minha tia de 50 anos que ficou chorando do meu lado... #ai #tia



8- Where the Wild Things Are

Esse filme veio na minha vida num dia bem solitário mesmo, por isso ele acabou sendo pra mim algo muito especial. Não tem muito o que falar sobre, acho que ele se encaixa naquela coisa de "tem que ver pra entender", mas é inegável o quanto ele é fofo e muito tocante. 


9- Extremely loud & Incredible close

Acho que foi no final do ano passado que a Camila me emprestou uns livros e, me contando a história de um deles, percebi que já tinha visto algo assim antes. Aí me lembrei que já tinha assistido o filme antes e poxa, que filme. Que coisa linda, que emocionante, que bonito, que dó do garotinho. Não tive tempo pra ler o filme todo pois tive que viajar, fora que já tinha assistido o filme então fiquei sem paciência pra ler as partes que eu já lembrava. Mas acho que depois de relembrar o filme com esse post vou tentar a leitura de novo.


10- The Book Thief

Ok, o filme nem saiu ainda mas todo mundo já sabe que a gente vai se apaixonar por ele. Na verdade vamos odiar tanto que ele não sairá dos nossos corações. Me dá uma agonia quando eu olho pra essa Liesel toda limpinha e lembro daquele porão enorme que vi pelas fotos do filme, aí me dá uma raiva de pensar que eles podem ter cagado na história toda... Mas seja lá o que aconteça, Liesel e Max estarão sempre em nossos corações.



Gostaram da lista? Me contem dos livros e filmes favoritos de vocês!
E muito obrigada à todos que me ajudaram via Facebook e Twitter falando livros e filmes pra eu postar aqui. Optei por esses 10 pois eu já tinha assistido e eram realmente os meus favoritos.

Beijos e boa semana pra todo mundo!


13 de out de 2013

Look #17


Sábado passado eu saí com a Camila e usei essa roupa, que até mostrei no instagram. Ela é um conjunto de várias peças que eu não usava há um bom tempo: especialmente a saia, a jaqueta e o óculos. 

O tempo tava bem quente mas por ter morado 4 anos em São Paulo, adquiri o hábito de sempre levar uma blusa comprida pois nunca se sabia como o tempo estaria de noite. E sim, esfriou a noite. Parabéns pra mim!
Bom, fazia bastante tempo mesmo que eu não usava essa saia rosa, e sinceramente eu nunca teria imaginado usá-la com essa camiseta lilás da Choies. Mas como sempre, os looks que eu mais gosto são sempre os que decido de ultima hora, quando tô mais do que atrasada e sem saber o que usar. Vou pegando qualquer coisa e misturando tudo, até dar em alguma coisa que eu nunca sei que será boa ou ruim. Nesse caso, eu acho que gostei. E vocês?




DSC_0737DSC_0741

DSC_0749DSC_0745

Camiseta: Choies
Jaqueta jeans: Primark
Saia: Ebay
Botinha: Shopping Light SP
Óculos: Zero UV (link aqui)
o Salomão é um oferecimento da cachorrinha vira-lata da minha tia

O batom da foto é o Vult cor 62. Comprei essa semana junto de outros produtinhos na farmácia e em breve faço resenha dele no blog por motivos de: tô apaixonada! É um roxo que nasceu de uma mistura de Up the Amp com o Heroine, ou seja... só podia ser lindo! 

Gostaram? Beijos e bom domingo pra todo mundo :)



 ♥


12 de out de 2013

What's in my bag?

whats in my bag

Faz um tempão que planejo fazer essa tag mas nunca dá certo porque cada dia que eu saía levava alguma coisa diferente na bolsa, então não sabia exatamente o que mostrar o que realmente carregava comigo. Mas como hoje foi feriado aqui no Estado e eu passei a tarde na casa da Camila, aproveitei pra fotografar o que levei dentro dela. Dei uma reformulada na necessaire e desde então isso é basicamente o que carrego na bolsa ultimamente, o que mudo é só o óculos de sol, o batom e o Salomão, que eu carrego na coleira mesmo. (Sim eu usei a bolsa preta do ebay, que no momento estou apaixonada mas que todo mundo já enjoou e por isso nem fotografei).

DSC_0762-1_

1) Miopia é uma coisa triste. Eu comecei a usar óculos de grau há uns 4 anos atrás, e descobri da pior forma possível que precisaria dele: perdendo o ônibus por não conseguir ler o nome dele. Sim, isso mesmo, eu sempre chegava atrasada na faculdade de manhã porque nunca sabia se o ônibus que tava vindo era o meu mesmo. 

2) Não quero falar sobre isso.

3 e 4) É difícil eu carregar necessaire porque vou jogando tudo dentro da bolsa mesmo, mas ultimamente tenho tentado ser mais organizada nesse aspecto. Daí levo sempre meu pó translúcido da MAC que faz milagres pra tirar a oleosidade da pele 2 batons, um nude e o batom uso pra sair de casa. O nude é de da Lina Bocardi, que infelizmente não vende por aqui, ganhei ele de brinde em uma revista gringa. O outro batom é o cor 62 da Vult que comprei essa semana e já tô apaixonada, em breve faço review dele no blog.

5) Chaves de casa, que eu vivo perdendo. Esse chaveiro é a coisa mais linda, comprei da Primark em 2011 e nunca mais deixei de usar. O nº 5 é um anel que sempre deixo na bolsa porque eu fico muito irritada (oi, frescurenta) quando esqueço de colocar meus anéis, então sempre deixo um na bolsa.

6) Essa caixinha é a coisa mais fofa. Ela é metálica e aparentemente é tipo um porta-cigarros. Foi meu namorado que me deu, ele não usava e como eu achei fofinha ele passou pra mim. Virou um tipo de "caixinha salva-vidas": tem band-aid, grampos e elástico de cabelo, absorventes mini e até uma pinça. Como eu sou muito zicada, sempre precisava de alguma coisa dessas e nunca tinha na bolsa. Agora que eu tenho, nunca mais precisei. Vai entender essa vida.

7) Lencinhos de papel, mil e uma utilidades.

8) Parei de usar carteira quando tirei a minha habilitação, pois a CNH cabe direitinho nesse porta-cartões que ganhei esse porta-cartões da minha sogra. A marca é Mandarina & Duck. 

9) Sempre troco o óculos escuro, esse é da Zero UV, comprei no início do ano mas só agora comecei a gostar dele. 

10) Sair de casa e não levar fone de ouvido é a mesma coisa que sair pelada! Ainda mais quando eu sei que vou ficar muito tempo no ônibus ou esperando por alguém. Abençoado seja quem criou essa coisinha.

E por ultimo, mas não menos importante, tem o Salomão ali no cantinho, que se infiltrou na hora de foto e foi dar uma de aparecido. Tem nem uma semana que essa coisa tá comigo e já mudou a minha vida demais. Coisa mai munitinha di mamai!


É isso gente, não tem nada de extraordinário na minha bolsa. Eu era aloka das bolsas gigantes, levava caderninho, caneta, todas as makes possíveis, mil documentos e coisas desnecessárias. Mas isso tudo só fazia volume e eu tinha que usar bolsa grande sempre, hoje e qualquer bolsa pequena consigo fazer caber isso daí. Uma vida prática é uma vida bem mais feliz!
Me contem o que vocês carregam na bolsa de vocês :)




9 de out de 2013

Week in Pics #7

week in pics

Repito: Esse meu "week in pics" tem sido a maior furada da história dos blogs! Nunca vi uma pessoa sem tão o que fazer como eu. Vou começar a me arrumar e tirar fotos dentro de casa toda linda e fazer umas montagens minhas em lugares legais pra fingir pra vocês que a minha vida é toda trabalhada no agito. Mas enquanto eu não não coloco esse plano em ação, vamos à minha vida real mesmo.


Week1

1) Sei lá o que eu tava fazendo com esse galho, mas foi no parque que fotografei o look passado.

2) Achei interessante a frase que achei lá no parque: "este lugar é o retrato da sua personalidade". Realmente.

3) Matilda sendo linda no meu colo


Week2


4) HORRÍVEEEEELLLL ECA ECA ECA! Comprei essa pipoca no maior olho gordo do mundo faz um tempão, mas nunca sentia vontade de comer... AINDA BEM! Porque é ruim demais. Não tem nada de doce nessa cobertura esquisita. 

5) HAHAHAHAHA esse bolo fez o MAIOR SUCESSO no facebook. Até hoje tem gente comentando e me zoando. Mas então, deixa eu me defender: meu priminho tinha um pique-nique com os amiguinhos da escola, e como eu sou uma cozinheira de mão cheia (sim, não duvidem disso só por causa desse episódio) me propus a fazer o bolo de cenoura. Só que a forma era pequena, e o bolo cresceu demais... 

6) MASSSS todavia entretanto, eu consegui cortar toda a parque destruída de cima e quando desenformei, nem deu pra perceber a cagada. A cobertura de chocolate ajudou, e o granulado deixou ele lindo! Fala sério, podem me zoar, mas ficou uma delícia! 

Week3

7) No começo desse ano eu vi um tutorial de make no youtube e me apaixonei pelo cabelo da menina. Na descrição do vídeo ela dizia que estava usando o "Babyliss Curling Wand", eu fui atrás e mostrei pra minha tia que é cabeleireira. Ela adorou também e depois de um tempo acabou comprando, mas nunca dava tempo de eu testar pois ela usava muito no salão!

8) Aííí chegou o dia que eu consegui usar! Amei demais o resultado. Na hora o cabelo ficou mega volumoso e bem estranho até, mas como fiz a noite e logo fui dormir, no outro dia o cabelo amanheceu tooodo cheio de cachinhos perfeitos. Quero meu cabelo assim pra sempre agora, me senti a Rayza Nicácio.


9) Não dá pra ver muito bem, mas meu padrasto me presenteou essa semana com mais prateleiras no meu quarto! Já tem uma semana mas eu ainda nem decidi o que vou colocar nelas, ou sapatos que não couberam nas outras prateleiras, ou deixar reservado pra bagunças futuras. Alguma sugestão?

Week5

10) Eu e a Mila fomos curtir a tarde do sábado no Fran's Café, acho que é um dos lugares mais agradáveis pra passear por aqui pois outra cafeteria nesse estilo só tem no shopping. 

11) Sempre peço smoothie de morando quando vou lá. E o óculos é da Zero UV.

12) Fazia muito tempo mesmo que eu não usava esse blazer azul. Fui assim pra faculdade quarta-feira passada, postei a foto no instagram mas vai aqui de novo.

Week4

13) Uma outra polêmica no meu facebook foi: gelo no miojo. É que eu sou tão faminta que não consigo esperar o miojo esfriar, e daí coloco uma ou duas pedrinhas de gelo e mexo bem pra esfriar mais rápido! Nem precisa assoprar. Recomendo. Não me julguem.

14) Davi, o amor da minha vida! De manhã é sempre a mesma bagunça, não importa o que ele coma, ele sempre tem o poder sobrenatural de conseguir sujar até o teto. Mas ele é tão lindo que a prima aqui não consegue nem achar ruim <3

15) Davi agora tem dois amiguinhos! No domingo eu fiz a maior chantagem emocional já vista nesse universo e consegui convencer a minha mãe de adotar o irmãozinho da Matilda (ela mora com meus priminhos, mas o cachorrinho ia ficar aqui em casa). Depois de um milhão de recomendações (que se eu não cumprir à risca tudinho, o barato aqui vai ser l0k0) ela finalmente deixou! Sério, desde domingo eu tenho sido uma pessoa muito mais feliz, até meu namorado tá estranhando a mudança radical de humor!





Me contem a semana de vocês! Adoro saber que a vida de todo mundo tem sido mais legal que a minha. Aguardando ansiosamente plos comentários. 
Beijo e boa semana!

8 de out de 2013

Qual app? - O retorno

Já falei vária vezes aqui no blog que um dos posts mais visualizados é esse aqui sobre aplicativos de fotografia pra Android. Comentei sobre isso com uma amiga do Instagram que sempre me indica aplicativos legais, a Rita @repulsa, e acabei convidando ela pra postar aqui no blog pra mostrar todos os aplicativos de fotografia que ela gosta!
Então esse post é pra você, caro leitor, que chegou até aqui buscando no google por "app fotografia android". Obrigada. De nada. Seja bem vindo. Volte sempre.




Bom, depois de várias conversas que sempre se resumiam em apps de fotos no Android, e como contornar a falta de alguns que são exclusivos para iOS, a linda da Vanessa me convidou a fazer um post aqui com um apanhado dos apps de fotografia que eu mais gostava. Confesso que não é fácil escolher alguns. Minha pasta de fotografia beira os 30 apps. Eu sou do tipo aloka das fotos que tem uma câmera semi profissional perfeita em casa, mas que sempre fica parada, porque fotografar com o celular é muito mais fácil para tirar, editar e compartilhar as fotos.
A primeira coisa que levo em consideração ao comprar um celular novo é a câmera, exatamente por essa facilidade para compartilhar nas redes sociais com efeitos fáceis de fazer, sem precisar ficar no Photoshop, Lightroom, ou o que for.  Sou fã do Afterlight e do Vsco cam, que na verdade eu nem conhecia, a Vanessa que apresentou. Mas como não tem ainda pra android (o vsco tá vindo aí, pra mais detalhes clique aqui), a gente vai se virando nas misturas.

Então, sem mais enrolação, vamos aos apps para Android!
(clique no título pra ir direto no aplicativo no site da playstore)


O melhor app sem sombra de dúvidas. Ele é completamente manual, e isso é bem bacana, porque dá pra misturar efeitos, texturas e sobrepor objetos e textos. O que pode fazer algumas pessoas terem preguiça, é que ele tem muita customização, e  no começo a gente fica meio perdido com tanta coisa legal. Mas pra mim ainda não tem nenhum melhor. Consigo reproduzir nele efeitos tão legais e bonitos quanto os do Vsco e do Afterlight.




Era o meu app preferido até encontrar o Pixrl Express. Ele não tem muita opção de customização mas tem vários efeitos legais. Uso ele mais por causa do efeito ‘clean’, que dá um contraste bacana, e a foto fica bem similar a de uma câmera profissional. Normalmente eu passo as fotos tiradas em ambiente interno por esse efeito antes de usar outro editor de fotos.
Além disso, ele tem a opção de colocar stickers, que você pode comprar pacotes, caso não fique satisfeito apenas com os coelhinhos fofinhos que o app disponibiliza. Dá pra fazer várias fotos bacanas com eles.



Esse é um app que me acompanha desde o primeiro android que tive. Ele simula o efeito de câmeras analógicas, como  efeitos como The Bärbl, Pinhole, Polaroid, etc. Ele só não está no topo da minha lista porque desde que eu uso ele, já faz uns 4 anos, teve apenas 1 atualização acrescentando uma câmera. Acho a ideia do app muito bacana, e poderia ter mais efeitos, nem que fosse na versão pro.
O que eu acho legal nele também é que ele tem uma galeria própria, onde as fotos tiradas ficam penduradas no varal, como se acabassem de ter sido reveladas. Ele também simula o som do shutter das câmaras originais. Ele é todo automático, não tem nenhuma opção de customização.



Quem não gosta de bokeh pra alegrar as fotos, né? Esse app cria o efeito em qualquer foto, com várias opções diferentes, entre corações, luzes e estrelas, discretos ou chamativos. Ainda tem a opção de escurecer ou clarear as fotos. Eu sempre uso ele pra criar fotos divertidas, pois tem opções de bokeh que nunca vi em outros apps. Até pouco tempo não tinha para Android, nem acreditei quando achei na play store.



O funcionamento deste app é bem simples. Sabe aquela foto que você tirou, mas que queria postar ela inteira e não pode porque as fotos do instagram são quadradas? Pois é, o que esse app faz é colocar bordas na foto, de forma a encaixar no padrão do instagram.



Aquele app que tá todo mundo cansado de elogiar. Ele é lindo, perfeito, tem efeitos legais, tem leaks bacanas pra colocar em foto, e curtindo a página no app do facebook, o app ainda libera mais alguns efeitos bônus. Assim como o Vsco, ele é responsável por aquelas fotos com o brilho alto, e com formas geométricas no contorno.  Tem como controlar o brilho, saturação, cortar a foto, etc. Gosto muito dele, assim como do Vsco. Atualmente, no iPad tenho apenas ele, o Vsco e o Pixrl.
ATENÇÃO: Na play store existe um app chamado Afterlight, mas ele não funciona, e nem é oficial.



Os efeitos desse app tem a mágica de deixar a gente bonita até  se tivéssemos com cara de quem acordou agora. Ele é simples, tem como comprar pacotes de efeitos, e tem vários efeitos prontos gratuitos. Eu não sei como não conhecia esse app antes da Vanessa me apresentar, ele é simplesmente demais. Ele dá um efeito de foto antiga, mas ao mesmo tempo parecendo profissional.  (Apesar de que, parece que o afterlight faz mais sucesso que ele).  

  

O queridinho. Serve pra fazer todas aquelas molduras que o afterlight faz, porém no android. Ele tem uma opção pra comprar novas molduras, mas não vi necessidade. As melhores são gratuitas. Ele é simples de usar, e pode ser usado tanto com fotos da galeria ou com fotos tiradas por ele.



Ele serve basicamente pra desfocar manualmente o fundo das fotos, criando um efeito de ‘macro’ nas fotos. Acho muito legal pra dar destaque a uma parte da foto. O melhor mesmo é que, diferente dos outros apps que tem a opção de desfoque, você mesmo escolhe livremente a área.




Ele cria quadrinhos, e te dá a opção de editar uma foto apenas, ou criar a história. Ele é muito divertido, principalmente pra criar histórias com fotos dos amigos. Salva em alta resolução, e os quadrinhos ficam ótimos impressos.



Espero que vocês tirem bom proveito! Qualquer dúvida sobre os aplicativos, podem deixar nos comentários que eu ou a Rita vamos responder. 

Beijos e boa semana!

6 de out de 2013

Look #16


Que saudadeeeeessss que eu estava desse blog! Fiquei tanto tempo away que uma hora cheguei a pensar "ah, deixa pra lá". Mas acabei recebendo várias mensagens de meninas pedindo pra voltar a postar e também conversei com amigas que me incentivaram bastante, e eis que aqui estou <3
Mas então, vamos ao que interessa! Sábado passado eu dei uma pausa nos estudos e saí pra passear com a Camila. A gente aproveitou que na frente do shopping tem uma praça/parque e como ela estava com a câmera fomos tirar umas fotos por lá. Deixa eu dizer que me achei A MODELO nessas fotos? hahaha ok que estou com vergonha no momento dizendo isso, mas foi bem legal fazer carão com gente passando do lado.
Sobre a roupa: tenho usado bastante essa camisa. Acho que no momento ela é a minha favorita (tipo a calça vinho que eu não tirava mais do corpo) e sempre tento combinar looks diferentes com ela. Dessa vez quis usar a calça mostarda que há meses eu não usava, confesso que estranhei muito na hora que coloquei mas depois acabei me acostumando com a cor.
Essa bota é nova, comprei acho que no mês passado na Renner (promoção, pra variar! R$ 59,90 ai como eu amo liquidação) e tenho usado bastante porque ela é a unica das minhas botas que tem salto, e mesmo sendo pequeno acho que já dá um visual diferente do que o de uma bota rasteira. A bolsa... bem, a bolsa acho melhor nem comentar nada...  Mas eu avisei que só ia usar ela pra sempre! Não me julguem.



DSC_0586DSC_0605

DSC_0596_DSC_0645_


DSC_0610DSC_0606


Camisa: Riachuelo
Calça: Primark
Botas: Renner
Bolsa: Ebay
Óculos: H&M



Gostaram? Ficaram legais as fotos nesse tamanho ou eu exagerei? Passei a hospedar as imagens no flickr e espero que isso ajude um pouco na qualidade. Dicas, críticas e sugestões de postagens são sempre bem vindos. 
Beijos e um ótimo domingo!