7 de dez de 2015

Home Decor #1: inspirações pra ambientes pequenos (de verdade!)

decor

Quem me acompanha no twitter ou no snapchat (segue lá! @aroundvanessa) sabe que mais uma vez estou de mudança. O processo todo é super cansativo, mas estamos muito felizes de poder ir pra um novo cantinho e eu obviamente estou animadíssima em poder "brincar" de fazer uma nova decoração!
Bom, a casa na verdade é uma edícula. São apenas 3 cômodos, mas acredito que isso não será um grande problema já que temos poucos móveis. O lance principal é otimizar espaço pra que fique tudo bem acomodado sem parecer que estamos apertados lá dentro. 
E como sei que nem todo mundo aqui mora numa mansão, resolvi compartilhar com vocês algumas inspirações basiquinhas que vi no Pinterest e acredito que seja de fácil acesso pra todo mundo.



cozinha

Uma parede pequena já é o suficiente pra comportar uma cozinha, composta basicamente por pia, fogão, microondas e uma geladeira. E é exatamente isso que a gente tem, junto com um armário que minha sogra nos deu e prateleirinhas de vidro que a minha mãe mandou fazer. 
Um dos segredos que a gente percebe é ocupar o máximo das paredes quando não se tem mais espaço horizontal, como por exemplo, prateleiras e nichos. As barras de ferro no alto também são uma ótima alternativa pra guardar panelas grandes sem ocupar muito lugar no seu armário caso ele seja pequeno ou simplesmente dar um toque diferente na parede mesmo. 

cozinha01
cozinha02
cozinha03


walls

Quadros na parede são um clássico, né? Acho que é daquelas coisas que chegaram e nunca vão sair de moda, afinal poder personalizar molduras e colocar imagens com a nossa cara no nosso cantinho é realmente muito legal. 
O sofá de pallets, além de ser uma alternativa muito barata pra quem não tem grana pra investir num sofá tradicional (como euzinha no caso), deixa o ambiente com um ar super despojado. Assim que fizemos o nosso pensei que não tinha combinado muito com o restante da casa à princípio, mas olhando algumas dicas pelo Pinterest já vi alternativas pra deixar o ambiente todo em harmonia com a madeira. Ah, e percebe-se também que o tapete faz bastante diferença!

sala01
sala02
sala03
sala04
cores, cores, muitas cores!



Espero que gostem!
Beijos e uma ótima semana.



30 de nov de 2015

Um pequeno (longo) desabafo

Sempre achei essa coisa de blog e instagram um escape pra ostentar uma vida perfeita. Procurava ao máximo mostrar nas redes a minha vida como ela realmente era: sem photoshop, sem luxo, sem nada que pudesse mostrar uma imagem diferente da que eu realmente era. Roupas comuns, de lojas comuns, momentos de alegria e tristeza, enfim. Real como a vida deve ser. E ao mesmo tempo via várias garotas pela internet  no estilo good-vibes-praia-suquinho-herbalife, e as julgava como sendo falsas, metidas, como se tudo aquilo ali fosse algo ruim, sabe? Como se quisessem passar uma imagem falsa de si mesmas, vivendo num mundinho mágico, afinal, muito fácil ter a vida perfeita quando se tem família e tem dinheiro, não é mesmo?
Não, não é.
Todos nós temos problemas. Todos nós temos dificuldades e desafios. Todos nós temos dores, feridas que ainda não foram cicatrizadas, medos e angústias das quais precisamos lidar diariamente. 
Sempre acreditei que o que diferenciam as pessoas uma das outras era o modo que elas lidavam com seus problemas. Como agiam diante de determinadas circunstâncias era o que determinava seu caminho para uma vida feliz e estabilizada. E eu, definitivamente, não estava mais fazendo a diferença.

Cheguei num ponto obscuro em que os meus problemas se tornaram maiores do que os de todo mundo e então eu deixei de ter empatia pelas pessoas. Já não conseguia mais olhar pro meu próximo de maneira que eu pudesse me importar, entender, e ter paciência para ouvir os seus problemas. Quanto mais o nível do meu estresse elevava, mais eu brigava, problematizava, reclamava... e isso cansa, sabe? Cansa muito. Houve um momento em que só tinha energias ruins em volta de mim. Estava tudo muito tenso. Perdi amigos, perdi colegas, perdi oportunidades de networking. Eu só brigava. Discutia. Expus pessoas. Inferiorizei e minimizei muitos sentimentos. Quem desejaria ter alguém assim por perto? Nem eu me aguentava mais. Foi aí que, assustadoramente, eu me vi exausta de mim mesma.

Num desses dias lutando contra a insônia de madrugada, fui ver um certo feed no Instagram. Rolando aquele perfil senti algo muito bom, como se aquela pessoa me transmitisse certa paz, sabe? Subitamente me recordei do dia que eu vi o mesmo feed, a mesma foto e tinha um comentário dizendo exatamente isso, que na hora me fez soltar um "nossa, que vida falsa, que pessoa mais sem sentido, quem é que poderia sentir paz com uma foto dessas?" E então, eu entendi o verdadeiro sentido daquele velho ditado: a beleza está nos olhos de quem vê.
E eu já não via beleza alguma nessa vida.

2015 foi um ano extremamente difícil. Morte de familiares, problemas financeiros, crises no relacionamento, insatisfação profissional e traumas profundos do passado vieram à tona e eu simplesmente não soube lidar. Não soube mais administrar as situações em que eu me encontrava. Perdi minha sensatez, perdi meu equilíbrio, perdi o foco da minha vida. Quanto mais eu pensava nisso, mais ansiosa eu ficava. A ansiedade se transformou numa terrível crise de pânico e aos 25 anos eu me entreguei à depressão.
Ter pessoas do meu lado que me ajudaram a enxergar o quão mal eu estava fazendo não só pros outros como principalmente pra mim mesma foi essencial. Entender a situação te leva a aceitar o quão urgente e necessário é buscar ajuda de um profissional, mesmo que isso seja um processo muito doloroso e difícil. Não é fácil pra mim aceitar que não consigo lidar sozinha com os meus próprios problemas, não é fácil aceitar que a minha própria mente eu não consigo controlar. Não é fácil, mas é extremamente necessário na minha vida.

Portanto, busquem ajuda. Não deixem se afundar. Não deixem que a vergonha te impeça de pedir ajuda, não deixem que os problemas tomem conta do teu sono. Não deixem que seu corpo e sua mente, cheguem ao limite. Não se culpem por não saberem lidar diante de determinadas situações. Temos toda uma sociedade nos enlouquecendo e depois nos culpando fortemente por isso. Mas por favor, não façam isso. Não se culpem. Passar por tudo o que passamos e manter o mínimo de sanidade mental possível parece muito fácil pra quem está de fora, mas é difícil pra caralho pra quem vive esses traumas todos os dias.


Grande beijo,
Vanessa.





10 de ago de 2015

Inspiração: Saia Midi!

Esses dias eu comentei aqui no blog o quanto tava de saco cheio das minhas próprias roupas e tudo mais. Inclusive desapeguei de muita coisa do meu guarda-roupas (clica aqui pra ver minha lojinha do Enjoei!) e cada dia que passa observo o que mais posso tirar e o que fica.
E aí que, nesse tempo, navegando pelo Pinterest eu percebi que já fazia muito, muuuuuito tempo que eu vinha namorando um item que tem sido, digamos, um divisor de águas nessa minha busca pelo novo: saias midi! Já havia vários looks com essa peça favoritados nos meus pins, e era um dos poucos looks que eu nunca havia tentado recriar.


look2 look1 look3 look4 look5 look6

Foi aí que eu percebi que tinha uma saia midi-lápis no fundo do guarda-roupas e outra mais soltinha esquecida na casa da minha mãe (tão esquecida que eu comprei há mais de 1 ano atrás e nunca tinha usado, tava até com a etiqueta!).
Resolvi testar uma combinação mais casual pra poder usar no trabalho e até que gostei bastante! Fui testando as duas saias que eu tinha com diferentes partes blusinhas/camisetas pra ver o que daria e olha, foi um grande ato de liberdade. Poder largar um pouco as calças, deixar as minhas pernas respirarem, me sentir mais leve... passou tanta coisa na minha cabeça! Foi muito bom mudar o visual um pouco, por menor transformação que seja.

meulook3 meulook2

Em outros tempos eu jamais iria usar essa saia tão facilmente como acontece hoje e abrir a minha mente nesse caso me trouxe uma variedade enorme de opções de roupas. E, sinceramente, agora eu desejo estar sempre disposta assim pra tudo nessa vida.


 ♥ 


Espero que vocês tenham gostado :)

Beijos e uma ótima semana!



3 de ago de 2015

Kimono, amigas e um sábado de fotos

Fazia um tempão que eu não tinha uma tarde tão divertida e fotografada como foi esse meu sábado passado. Fazia o maior calor que eu já senti em tempos e mesmo assim não recusei o convite da Camila pra sairmos e tirar umas fotos. Chamei a Jacke pra sofrer com a gente e lá fomos nós, no centro da cidade, andar um pouco (muito) e parar numas esquinas pra fazer carão e se divertir. 
Me sinto muito amada quando estou perto das minhas amigas. Poder falar a asneira que quiser sem se importar com o que vão pensar - afinal você já sabe o que elas pensam de você - traz uma sensação imensa de liberdade. Acho que esse é o verdadeiro significado de amizade: ser livre. Ser livre pra opinar, pra rir, pra falar besteira, pra falar verdades, pra criticar,  pra gargalhar, pra chorar e pra abraçar bem forte sempre que estiver precisando. Ter amigas de verdade é ter um amor inseparável e inabalável. Um amor do qual nenhum orgulho ou ofensa podem comprometer. 
E eu sou infinitamente grata pelas amigas que a vida me deu


DSC_0159
DSC_0158
DSC_0169
DSC_0260
DSC_0230
IMG_8471
DSC_0236
DSC_0244
IMG_8473
IMG_8469
IMG_8479

Obrigada por tudo. Amo vocês!


30 de jul de 2015

Week in Pics!

week in pics

Olááááa gente boniiitaaaaaaaaaa!

Aqui estou euzinha Vanessa muito prazer, tentando aos poucos voltar com o meu falecido blog e trago desta vez o tão querido e amado salve-salve Week in Pics! Olha, eu sinceramente relutei bastante antes de colocar ao ar porque faz uns bons meses que nada de interessante acontece nessa minha vida. Minha rotina é basicamente assim: eu trabalho o dia inteiro, chego em casa, vou fazer jantinha com Mozi e ficamos lá os dois assistindo um anime ou jogando LoLzinho. Sabe como é, né... somos adultos.
Recentemente nós nos mudamos de casa e resolvemos "oficializar" esse momento com a nossa família e amigos. Fizemos um chá de cozinha super fofo e ganhamos presentes lindos dos nossos convidados. Muito amor! Teve aquelas brincadeiras bregas também que a minha cunhada fez e me surpreendi porque foi muuuuito divertido. Ela fez dois cadernos de perguntas, um pra mim e outro pro João, com perguntas do nosso próprio relacionamento e gostos um do outro, pra testar a nossa afinidade. Resultado? João disse que não sabia o nome do meu perfume (eu nem uso perfume), errou onde a gente deu o primeiro beijo e ainda disse que eu nasci em 86!!!! hahahaha (eu sou mais velha do que você mas nem tanto, infeliz!)
Enfim, acho que foi um dos melhores momentos desse ano e de toda a vida. Nossa família toda reunida com muuuuita comidinha gostosa e conversa boa. Impagável esses momentos, né? Estávamos tão entretidos com a festa que eu nem me toquei de tirar fotos. Mas fica aqui registrado um pouquinho desse momento tão especial <3

De resto, minhas ultimas semanas foram... comer, trabalhar e dormir! Só espia:

 
w2
mês passado, no dia dos namorados, Mozi fez uma surpresa me levando pra jantar no nosso restaurante favorito! chegando lá, ganhei uma rosa, música ao vivo e todo o lugar à luz de velas. Vindo de uma pessoa que só sabe me morder como forma de demonstrar carinho, eu não podia ficar mais surpresa e encantada... rs
Pelo menos uma vez por semana a gente tem que ostentar, né? Como os dois não tem disposição pra sair, nosso rolê acaba sendo todo revertido em: pizza de hamburger ou x-frango especial com bacon e batata frita.
pra exemplificar o porquê tenho a melhor mãe do mundo: apenas que ela veio esses dias no escritório onde trabalho, me trazer bolachas e um cházinho pra me curar da gripe pois estava super mal. Te amo, mamis!

w3
 Casualmente tirando fotos no espelho e casualmente vestindo saias floridas.


w4
Isso aí são ímas super fofos pra geladeira que comprei pela internet assim que a gente se mudou de casa. O site é o Instastore e você pode escolher a quantidade e tamanho que quiser. super recomendo! 
João Pedro e sua cara de feliz com o nosso jogo de panelas vermelhas que ganhamos de presente. Me apaixonei tanto por elas que tô amando mais ainda cozinhar!
Nossa bolha é composta basicamente por: uma tv que está sempre passando anime (mais especificamente, nós dois assistimos One Piece), minha toalha casualmente jogada em algum canto desse quarto (neste caso, na cadeira), um computador usado exclusivamente para baixar anime, ouvir músicas no Spotify e jogar LoL e meia dúzia de cobertores espalhados pela cama, porque o João arranca de mim no meio da noite e preciso de outro reserva pra eu não ficar passando frio.


w5
Um breve resumo sobre "amor por favor fica normal pra gente tirar uma foto"


w6
Um pouco do nosso Chá de Cozinha: muito brigadeiro, coxinha, empanado de carne, bolinha de queijo, e bolo gelado feito especialmente pelas mãos de fada da minha sogra.
Essa água aromatizada foi sucesso! E ainda teve essa garrafa de vidro personalizada que foi enchida com recados que os convidados escreveram pra gente durante a festa. Nós lemos todos depois e só temos a agradecer por tanto desejo de amor e carinho!
Esse caderno de receitas foi a minha cunhada que fez. Ela que também montou toda a decoração, porque eu tava tão nervosa e ansiosa que não conseguia fazer nada! rs Thaís obrigada por tudo, e seu presente me serviu de inspiração pra anotar todo dia uma receita nova e testar alguma coisa diferente na janta. Amei muito!



É isso!  Me contem como foi a semana de vocês, e espero também que tenha sido bem mais interessante do que a minha! rs.
Beijos e uma ótima quinta :)





 

24 de jul de 2015

Desencontrei comigo mesma

Já faz algum tempo que eu venho me sentindo estranha comigo mesma. Me olho no espelho e simplesmente não me reconheço mais. Meu cabelo parece que não é meu. Minhas roupas parecem que não são mais minhas. Escuto algumas músicas e pauso tempos depois porque acho todas um saco. Acesso o Pinterest e parece que nada daquelas milhões de coisas me interessam mais. Minhas unhas não veem um esmalte vermelho há meses, e olha que era a minha cor favorita. Minhas botas eu nem uso mais. Olho pro meu guarda-roupas e sinto vontade de chorar. Acordo cedo, fecho os olhos, pego qualquer coisa que minhas mãos alcancem, calço uma sapatilha e vou trabalhar. Antes eu não saia por necessidade de parar com a balada e economizar. Agora eu simplesmente não saio por opção: ter que me vestir é um terrível de um sacrilégio.
Coloquei um monte de roupas minhas pra vender, metade já se foi e eu não senti falta de nada. Eu poderia até vender tudo, na verdade. Que talvez nem assim desperte algum sentimento em mim.
Eu, definitivamente, perdi o jeito de me vestir. 
Sinto como se isso tudo fosse como o término de um longo relacionamento: a roupa tá lá, te fazendo companhia, todo dia indo juntos pros mesmos lugares, e daí vem a inevitável rotina... até chega uma hora que cansa. Você quer novidade, fica com medo de trocar o certo pelo duvidoso e aí acaba ficando acomodada com aquela situação. Até que um dia você acorda, a ficha cai e você se dá conta de que não dá mais pra viver daquele jeito. Bate a bad, você tenta resistir, tenta continuar... mas não. Chega o momento de revolta e você PRECISA se desfazer dessa situação.
Um pouco dramático, eu sei. Mas foi basicamente assim que eu me senti quando percebi que não queria usar mais as roupas que eu levei anos pra juntar e que foram motivos de tantas dívidas no meu cartão.
Mas sabe, não estou dizendo que me sinto arrependida. Foi bom enquanto durou. Fomos felizes, nos divertimos, mas não dá mais pra continuar. Talvez uma ou outra coisa ainda permaneça, mas a real mesmo é que eu cansei. Cansei das minhas roupas. Cansei do meu cabelo. Cansei das mesmas bandinhas indies do spotify, cansei de gentinha pseudo-famosa de internet que se acha melhor do que os outros só porque tira umas fotos legais mas nunca sequer lavou uma louça ou um banheiro. Cansei. Queria gritar um belo "foda-se" pra isso tudo. Queria sumir. Queria mudar.

Precisei de muito tempo pra absorver e processar toda essa ideia que a princípio parecia muito maluca, mas, escrevendo esse texto, me dei conta de que fazia mais de 1 ano que eu já vinha me sentindo "deslocada" comigo mesma em vários os sentidos. É como se eu mesma estivesse me deixando aos poucos... Me olhava no espelho mas não via mais a Vanessa ali. Via uma garota que estava se sentindo exausta com absolutamente tudo. Tentei fingir que não estava acontecendo nada mas foi preciso muita coisa até eu cair na real:
parei de ir em showzinhos da cidade porque não suportava mais olhar pra galerinha de sempre. Todos ali se achando que eram os diferentes mas todos eram exatamente iguais. As mesmas músicas. Os mesmos papos. Fiquei com preguiça de sair pra não precisar passar nervoso ao me vestir, meu gosto pelo mundo fashion se aniquilou completamente e consequentemente eu perdi a vontade total de continuar com o blog.
Afinal, porque falar de moda se eu estava odiando o mundo da moda? Pra quê fazer looks do dia se pra ir trabalhar eu ia de shortinho chinelo e camiseta pronta pra colocar meu uniforme? Pra quê falar de maquiagem se eu nem sabia mais o que era uma base nova ou um batom?
O mundo real bateu à minha porta, a bad entrou junto, os dois fizeram morada mas graças a Deus com muito esforço eu consegui os expulsar.

Ainda estou buscando, pouco a pouco, aquilo que faz eu me sentir bem. Ainda passo um pouco de nervoso olhando o Pinterest pois sinto que nada me satisfaz. Ainda estou pensando se pago aquela fatura da Renner ou se deixo pro mês que vem e compro minha tão sonhada base da MAC. Ainda estou relutando em desistir da ideia de ter o cabelão na bunda novamente e voltar com o chanel. Ainda me dá um nervoso toda vez que boto uma playlist pra tocar no Spotify porque é como se meus ouvidos não aguentassem. Mas se coloco um eletro-pop ou um sertanejo... eu passo o dia incrivelmente bem.
Talvez seja a crise dos 25 (que completo em outubro), a maturidade ou só o cansaço da vida mesmo batendo na minha porta... mas de uma coisa eu sei: hoje eu tô amando essa confusão toda. Acordei feliz, inspirada, e mesmo que ainda existam muitas dúvidas na minha cabeça, nada como o tempo pra gente se superar.

 

Beijos e uma ótima sexta-feira!



15 de mai de 2015

Meus 10 perfis favoritos do Instagram - parte 1


Untitled


Bommmm dia gente bonita! Eu sou uma pessoa que normalmente já acorda bem animada, mas hoje é sexta e aparentemente estou ligada no 220v de tanta alegria pela chegada do final de semana! Aí junta esse friozinho delícia com a minha cama, o edredom, a tv, a pipoca e o mozi do lado... Poderia ser assim pra sempre que estava ótimo pra mim.
Masssss como ainda são 9 da manhã e faltam umas boas horas pra esse sonho chegar, tô aqui atualizando o blog pra vocês com algo que eu já tinha em mente há um tempão: indicar alguns dos meus perfis favoritos do Instagram.
Um dos motivos que eu parei de acompanhar blogs de moda, como já disse aqui antes, foi justamente por causa essa rede social. Principalmente se tratando de blogs exclusivos de looks do dia, a blogueira posta o seu dia a dia em tempo real e você pode acompanhar desde o que ela come no café da manhã até o mínimo detalhe da roupa que ela vai usar. Isso faz com que você tenha o conteúdo ali all day long sem precisar se direcionar pra outro website.
Tenho bastante preferência por fotos coloridas e que registrem mais o dia a dia da pessoa de forma natural do que fotos minimalistas que trazem aquele ar de instagram preto e branco. Como a minha vida tem basicamente seguido a rotina trabalho-almoço-trabalho-faculdade-cama, acabo não tenho nada de interessante pra postar e aí prefiro usar o aplicativo só pra acompanhar outras fotos mesmo. E quando eu entro, sempre tem aqueles perfis que eu corro pra pesquisar e ver o que de legal a pessoa publicou, e são esses que eu trago aqui pra vocês!


1


Essas duas "Isas" que eu coincidentemente coloquei juntas, tem fotos coloridas e pessoais bem do jeito que eu gosto. Seja no teatro ou na piscina, elas fazem o lugar que estão parecer a coisa mais encantadora que você já viu.


4


A Beatriz eu conheço pessoalmente porque somos da mesma cidade mas as vezes parece que ela veio diretamente de uma máquina do tempo. As roupas de cintura alta que ela consegue achar nos brechós são de causar inveja em qualquer garota dos anos 80! A Pri posta várias fotos por dia o que faz que o feed dela esteja sempre diferente. Adoro os lugares que ela visita e até mesmo selfies no espelho de um provador, nas mãos dela fica algo super legal. 



2


A Ju tem simplesmente um dos closets mais incríveis que eu já vi! O quarto dela é todo lindo com um espelho enorme onde ela sempre posta os seus looks. Além disso viciada em sapatos e praticamente toda semana tem um sapato novo que ela publica e me deixa morrendo de desejo. Já a Jessica parece ter vindo direto de 1993 com esse estilo poderoso dela, cheia de sobreposições ousadas e um cabelo laranja encaracolado volumoso divino maravilhoso que eu fico me perguntando PORQUE NÃO EU, SENHOR????


3


A Elisa eu conheci pelo "Popular" do Instagram e já amei logo de cara. Ela tem o rosto com um traço bem exótico e eu adoro os looks dela. Depois de um tempo acabei achando-a no twitter pelo 'who to follow' e virei mais fã ainda: além de ser divertida em 140 caracteres, ela ainda faz vídeos pro youtube!
Fernanda Lensky... ah meu Deus o que dizer sobre esta garota cuja vida que mostra no Instagram parece se passar em algum sítio de uma cidadezinha do interior em 1986? Tudo vintage, tudo rústico, tudo lindo e tudo perfeitamente elaborado. Desde os vasinhos com tempero que ela mesmo planta até uma folha grudada na parede com as despesas do mês, absolutamente tudo nas mãos dela se torna algo doce e delicado.


5


A Jacke é outra que parece ter saído de uma máquina do tempo. Junto com a @magnolidea essas duas conseguem garimpar as peças mais vintages que eu já vi! Fora que a mãe dela trabalha como costureira e acaba fazendo algumas peças sob medida pra filhota... ai amiga, assim fica fácil demais nééééé!!! A Ana é um doce de pessoa e tem algumas fotos dela que poderiam facilmente ser feitas pra um ensaio fotográfico de alguma revista de moda famosa.


É isso! Espero que tenham gostado das indicações, e essa é só a primeira parte! Deixem o Instagram nos comentários pra galera poder conhecer, e pra quem ainda não sabe o meu perfil por lá é o @aroundvanessa.
Beijos e bom final de semana pra todo mundo! :)


22 de abr de 2015

Week in Pics!

week in pics

Oláááá gente bonita! Como vocês estão? Eu estou bem, caso alguém tenha perguntado. Minhas ultimas semanas tem sido bastante corrida. Sem contar que essa história de trabalhar o dia inteiro e ir pra faculdade a noite cansa pra caramba, né? Tinha me desacostumado com essa rotina quando fiquei trabalhando na Zara ano passado só 3 vezes por semana... Massss como eu não sou milionária tipo a Gisele Bündchen pra me aposentar daqui 10 anos, sigo aqui de boinha com a minha vida de proletariado até ganhar na loteria, ou quem sabe até ser adotada por uma das Kardashians. Tudo pode acontecer nessa vida!
Bom, hoje eu trago um post que nesse tempo ausente do blog eu morri de saudades de fazer: o Week in Pics! Pra quem me acompanha no twitter sabe o quanto fico 24hs conectada. Curto muito compartilhar a minha rotina e mais ainda acompanhar a rotina das pessoas que eu sigo, seja no próprio Twitter ou no Instagram. E agora, aqui no blog, trago de volta a minha semana em fotos 100% vida real, sem luxo, sem efeitos e em algumas ocasiões sem maquiagem também (inclusive desculpem pelo susto disso). Sejam bem-vindos!


week1
week2

1, 2 e 3) Comida, comida e mais comida! Como eu e o João somos muito caseiros, fazemos da cozinha o nosso centro de diversão na casa. A gente curte muito cozinhar juntos e sempre tentamos copiar lanches legais que vemos na internet. 
4) o João comprou um computador novo mês passado e quase teve um enfarto com a demora da entrega. Ele falou tanto desse negócio que no dia que chegou, até eu queria ver montando! fui dormir 2 da manhã e ele ainda não tinha terminado... 5) sempre que vou pra casa da minha mãe fico olhando essa parede que colei recortes de revistas e sinto uma nostalgia de momentos muito legais da minha adolescência (close pra foto da Ivete que eu acho deusa). 6) nossa compra do mês basicamente composta de: coca-cola, lasanhas congelasas tereré e toddynho.


week5 week3

7) No nosso aniversário de namoro sempre reservamos uma mesa no tatame do nosso restaurante favorito aqui na cidade, o Sushi Express. É fino e aconchegante, pena que perdemos a finesse quando saímos rolando de lá e passando mal de tanto comer... haja Eno depois, sério. 8) Pra acabar com a minha fase de economizar dinheiro, um senhorzinho montou uma barraquinha de churros EM FRENTE ao escritório que eu trabalho! (inclusive vou terminar esse post e ir lá comprar um). 9) Meu whatsapp por alguma razão desconhecida está cortando os meus áudios nos 9 segundos, eu só sinto pena das amigas porque sou tagarela demais, hue.
10) agora que sou a mais nova viciada de League of Legends, eu e o João passamos horas e horas assistindo campeonato. E pra quem não sabe, Darius é o nome do meu gato, que não por coincidência, é o nome de um campeão do jogo! 11) família com cara amassada reunida! 12) a gata que a gente chava que era gato e dei até o nome de Theodoro... hahaha poor me! Ela estava grávida e não fazíamos idéia. Deu cria semana passada a 4 filhotinhos lindos!


week6 week7

13, 14, 15) Alguns looks que usei esses tempos atrás e publiquei no instagram.
16) Esse macaquinho achei na Renner semana passada por R$ 89 reais e quase comprei, mas acabei achando o P folgadinho demais em mim e não tinha PP. 17) Esse blazer branco, também da Renner, custava R$ 119 mas não levei porque achei o tecido 'duro' demais, tinha esse modelo em malha mas era meio off white e eu queria branco puro mesmo. e 18) euzinha no maior estilo perigueti quando fui pra chopperia com mozi e amigos no feriado em que viajamos pra cidade dele. E olha, preciso confessar: me senti o máximo de vestido curto e justo! Muitooo tempo que eu não usava uma roupa assim...
sério garotas todas nós precisamos causar mais vezes hahahaha adorei BEIJOS, SOCIEDADE!

♥ ♥ 

Espero que vocês tenham gostado! Me contem a semana de vocês também, e se tiverem twitter/instagram, deixem aqui nos comentários! <3
Beijos e uma ótima semana pra todo mundo!

Twitter/Instagram:
@aroundvanessa
♥ ♥ 

14 de abr de 2015

Estilo pra se inspirar: Leeloo

Desde que eu parei com o blog, dificilmente visitava outros ou acompanhava alguma "it girl". Pra vocês terem uma noção do quando eu quis me afastar um pouco desse meio da "moda ostentação" e respirar o meu estilo da vida real mesmo, dei unfollow em praticamente todas as blogueiras que eu seguia no instagram! Nem Chiara Feragni se salvou (essa, aliás, eu andei vendo o instagram dela esses dias e não me identifiquei com mais nada). E a Betty Autier que eu fui lembrar ONTEM da existência??? Gente??? hahahah sério! 
Bom, mesmo com esse meu afastamento todo eu continuava recebendo emails do Lookbook quase que diariamente, e algumas garotas que apareciam ali conseguiam se destacar pra mim no meio da mesmice (falando em mesmice, gente, aquela Lua P. parece que parou no tempo, né?). É o caso da Leeloo, que eu já acompanhava há quase 2 anos e cujo estilo eu admiro muito e resolvi mostrar aqui agora!


L7 L1 L4



A Leeloo na verdade se chama Helen, tem 29 anos e é vietnamita. Ela mora em Paris desde pequena quando sua família se mudou pra lá e atualmente trabalha com publicidade. Seu estilo tem uma pegada "boyish" bem forte pelo fato de ser européia, mas creio que ela consegue dosar isso perfeitamente pra não deixar o look masculino demais.



L2 L5 L3 L6



A Helen sempre aposta num item marcante nas suas composições, principalmente o chapéu - que pra ela deve ser tipo uma marca registrada, né? Mas uma coisa que me deixa absolutamente fascinada é o fato dela combinar meia com sapatos sem ficar parecendo uma jogadora de futebol! Tentei vizualizar os mesmos looks sem as meias e sinceramente acho que não ficaria tão legal assim. Sério, se meus sapatos já não fossem apertados em mim (ninguém mandou ser pézuda né geit agora guenta) eu também usaria dessa forma com certeza! Apaixonei.


L8 L9 L10


Não podia deixar de encerrar o post com essa foto LINDAAA que eu vi hoje enquanto olhava os arquivos do blog dela. Amiga, conta pra gente onde foi que você achou esse namorado deuso que se veste tão lindamente assim? Por favor troca comigo ele pelo João!!!



Leeloo34




E aí, gostaram do estilo dela? Eu olho essas fotos e fico cada vez mais encantada. Quero um cartão de crédito que a conta vá pra algum sheik árabe pra eu gastar tudo em roupas e sapatos e ficar maravilhosa assim também! 

Instagram: @dressingleeloo
Blog: http://ledressingdeleeloo.blogspot.com.br/
Lookbook.nu: http://lookbook.nu/user/93491-Leeloo-P





Beijos e boa semana pra todo mundo :)