4 de jan de 2014

2014

Ontem eu acordei com a seguinte dúvida: quais foram os planos que eu fiz pra 2013? Lembrei que assim que eu comecei o blog, um dos meus primeiros posts foi justamente sobre isso. Resolvi dar uma olhada nesses planos e percebi que: ele foi escrito há exatamente 1 ano e que eu só consegui realizar 1 deles. Eu vou ser sincera e dizer que chegou uma época que eu nem lembrava mais que planos tinha feito pra 2013, e mesmo assim ele foi o melhor ano da minha vida. 
Eu não viajei com as minhas amigas, mas estive mais próxima delas do que nunca. A Lígia e a Camila foram sem dúvidas as peças-chave desse ano que passou, sem elas as coisas não seriam tão especiais do jeito que foram. Não voltei pro cursinho de Inglês, mas voltei pra faculdade de Administração que eu havia trancado e isso me fez muito bem. Não engordei 6kg como queria -pelo contrário! Entrei pra academia, gastei dinheiro com whey protein, comprei tênis esportivo... mas foi só chegar uma semana de frio que eu nunca mais apareci por lá. E ainda emagreci 1kg com a correria de final de ano da faculdade + viagem. A única coisa que deu certo foi que eu finalmente tirei a minha carta de motorista - carro e moto, diga-se de passagem! Isso sim me deixou muito feliz. Sensação de liberdade incrível não depender de ônibus pra se locomover (mas ter que depender do irmão pra emprestar o carro, já que eu ainda não tenho o meu hahaha).
O ano não teria sido bom se eu não tivesse corrido atrás de muita coisa. Eu não teria engordado (ou pelo menos tentado né, poxa...) se eu não tivesse ido até a academia me matricular. E quem emagreceu também não foi por um passe de mágica. Eu não aprendi a dirigir nos meus sonhos - eu precisei abrir mão de muitas tardes sentada  no conforto do ar condicionado da minha casa pra ir até a auto escola estudar teorias e práticas de direção por quase 45 dias. Eu não teria voltado pra faculdade se não fosse o meu esforço, principalmente psicológico, de saber que eu já tinha 22 anos e precisava terminar de vez os meus estudos. Eu não teria tido metade dos momentos bons que eu tive, se não fosse eu mesma abrindo mão do meu orgulho e aproveitado cada segundo onde quer que eu estivesse. 

Eu posso não ter realizado as minhas metas que tracei no começo do ano, mas tratei logo de realizar outras. Seja em 2014, 2015, ou 2020, nada que eu quiser vai se realizar se não for pelo meu próprio esforço. Seja bom ou seja ruim, uma coisa é certa: nada cai do céu e se eu não correr atrás do que eu quero, ninguém mais vai fazer isso por mim. 

Enfim, muito obrigada por me acompanharem aqui no blog que completa hoje exatos 1 ano e 2 dias de vida.
Um beijo e bora esforçar pra fazer desse 2014 um ano melhor!


P.S: Fiquei uma meia hora pensando em coisas pra colocar no meu "planos pra 2014" mas tudo que eu consigo pensar no momento é: comprar uma câmera nova e encontrar todas as minhas roupas da wishlist em promoção. Que assim seja.


3 comentários:

  1. Sabe que, na realidade, não sei se é mais difícil criar planos para um ano que se inicia ou traçá-los ao decorrer desse tempo. Independente, acho que criá-los é super necessário. Estava criando minha lista ainda agora, e li seu post e tudo mais... Sem motivação nada acontece né, Van? E eu acho que a maior dessa motivação tem que sair de nós mesmo... Hahahh

    (acredita que nos meus planos desse ano também tem uma câmera nova? coincidência auheauhe)

    Bom, vamos ver o que esse ano planejou pra nós!

    ResponderExcluir
  2. Vou ser sincera: quase nunca faço uma listinha de metas. Nesse ano eu fiz, não sei porque! hahaha
    Feliz 2014, que seja um ano maravilhoso! Beijos <3

    ResponderExcluir
  3. é bom ver o tempo passar e perceber que nós mesmos traçamos as linhas das escolhas!

    xx

    cabecanasnuvensz.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Feel free to leave your message!
Obrigada pela visita e volte sempre ♥