29 de mar de 2015

O retorno do look de domingo

Se eu contar pra vocês que essas fotos são de AGOSTO do ano passado, dá pra acreditar? Pois é! Foi a ultima vez que fotografei um look do dia, mas por estar um pouco desanimada com o blog na época, acabei deixando pra lá. E como ainda não tive tempo pra tirar fotos novas desde que decivi voltar como blog, resolvi postá-las aqui. 
Esse shortinho eu comprei na Forever 21 quando estive em São Paulo, em julho do ano passado. Branquinho e meio alfaiataria, dá pra variar bastante e fazer de peça chave pra qualquer look. Tenho ele como uma das minhas peças favoritas! Como eu não tenho saído muito, acabo usando ele de uma forma mais basiquinha, com blusinha e country boots, como é de costume. Não sou eu se não tiver bota, né gente. Mesmo no calor é só o que eu uso. Sandálias e sapatilhas são uma raridade por aqui (acho que dá pra perceber né, rs).


look1 look2 look3 look4 look5 look6_
Pose para esperar o trem passar por cima de mim

Hot pants: Forever 21
Blusinha: Riachuelo
Chelsea boots: Dafiti
Colar: Marisa
Bolsa: Primark
O batom é o Ruby Woo


Especial thanks pra minha amiga Jacke Aguiar que sempre teve a maior paciência do mundo comigo, especialmente nesse dia que fez o maior calor do mundo e que andamos um monte pra encontrar um lugar legal pra fotografar! Jacke sua linda, obrigada por me lembrar que essas fotos existiam rs
Bom, por hoje é isso o que e pude trazer pra vocês. Espero que gostem! 

Bejos e uma ótima semana :)


♥ ♥ 

22 de mar de 2015

Um breve resumo e um novo "olá"

Desde que me ausentei do blog, e isso já faz mais de 1 ano, passei por uma verdadeira montanha russa de situações. Terminei um namoro de anos, me permiti curtir cada minuto da minha fossa, consegui o emprego que na época era o que eu tanto queria, recomecei a minha vida de farra curtindo muito no Tinder, bebi tudo o que não tinha bebido nesses (até então) 23 anos, fui pra shows, pra balada, gastei muito do meu dinheiro com roupas novas e me endividei muito com esse dinheiro das roupas novas. 
Descobri muita coisa sobre mim mesma e sobre a vida também. Parei pra analisar tudo que já tinha feito até ali, refletir sobre os meus sonhos, minhas escolhas e sobre os meus erros. Superei algumas fraquezas e descobri outras novas. Me aproximei de pessoas novas que se mostraram maravilhosas comigo e me afastei completamente de amizades antigas que só me desgastavam e me faziam mal. Passei por momentos terríveis em que estive completamente sozinha e percebi o quanto eu sou incrivelmente forte.
Aprendi o que é dar valor pra família, pros verdadeiros amigos, pra aqueles conhecidos que você não dava tanta importância mas que no fim das contas eles também só querem o seu bem. Aprendi a não deixar a noite ruim abater a minha manhã, pois o sol está ali justamente pra isso: iluminar a nossa vida. Cada raio de sol é motivo pra um novo sorriso resplandecer no nosso rosto. Aprendi que quando a gente tá bem, só quer fazer o bem também. E se a felicidade alheia nos incomoda é porque tem alguma coisa errada aí, afinal, se a nossa vida tá mesmo tão bonita, o nosso maior desejo é que os outros vivam isso também. Aprendi que fazer planos não é tão perigoso assim, porque se eles não derem certo a vida sempre se encarrega de nos trazer novos.
Aprendi que o orgulho não só fere a gente como o próximo também. Saber reconhecer os nossos erros e se desculpar é uma raridade. E se precisar a gente pede desculpa quando sabe que foi o outro que errou também, só pra não ficar aquele clima chato. 
Aprendi o verdadeiro significado da palavra "felicidade". Vivi por muitos anos tendo uma maravilhosa noção disso, mas hoje posso dizer que eu vivo a felicidade em sua plenitude. Acho que hoje eu posso dizer com toda certeza desse mundo: eu me sinto verdadeiramente completa. 

Mas calma aí que eu não sou hipócrita pra vir dizer que sou uma pessoa maravilhosa por conta disso. Eu aprendi muita coisa sim, mas existem milhões de outras que eu ainda preciso de muito esforço pra poder mudar. Continuo surtando com a minha mãe no telefone, continuo odiando acordar cedo e principalmente continuo querendo gritar dentro do supermercado quando a moça demora pra me atender e me entregar logo o meu pão de queijo. Continuo com vontade de vomitar todas as vezes que ligo o computador pra fazer o meu TCC e continuo xingando a mãe de todas as pessoas que atrapalham os meus jogos no LoLzinho. Continuo morrendo de ciúmes do meu namorado e inclusive nesse exato momento dentro na minha mente eu estou matando dolorosamente todas as garotas que chegam perto dele e que um dia ele possa vir a conversar.
Perfeição não existe, mas pessoas incríveis sim, e um dia eu sei que chego lá.


O Around Vanessa voltou! Beijo no coração de todo mundo que insistiu tanto pra que eu voltasse com o blog e que nunca se esqueceu desse lugar. Vocês são demais.
 

♥ ♥